No universo do empreendedorismo não existem atalhos, mas sim boas práticas de gestão e ferramentas certas que colaboram com o crescimento gradativo do negócio. Nesse contexto, temos como principal pilar a gestão financeira. Sem ela não é possível expandir nem garantir a sobrevivência do negócio.

Aliás, segundo um estudo do SEBRAE, muitas empresas já fecharam as portas antes mesmo de completar 2 anos de existência, justamente por não apresentar um bom controle financeiro.

Dentro desse quesito financeiro, podemos citar como extrema importância a conciliação bancária de empresas de varejo. Essa é uma forma de evitar surpresas, prejuízos e custos excessivos nas transações de compra e venda. Saiba mais a seguir!

A importância de priorizar a conciliação bancária na empresa

A conciliação bancária nada mais é do que uma relação completa dos registros contábeis do seu negócio com valores indicados no extrato bancário. De modo geral, é um descritivo que confere todas as entradas e saídas de um determinado período.

A finalidade de priorizar a conciliação bancária é justamente otimizar a gestão financeira do negócio. No entanto, um dos maiores objetivos é confirmar se os lançamentos estão de acordo com os extratos emitidos pelo banco da empresa, a fim de certificar a eficiência da gestão de controles internos.

Tão importante quanto o controle de fluxo de caixa é o monitoramento da conciliação bancária, seja a empresa de grande porte, micro ou pequena. Vale ressaltar ainda que uma das aplicações consiste na análise do controle de vendas realizadas por cartões e boletos bancários.

Quanto à frequência da aplicabilidade depende muito do movimento transacional do negócio. Porém, é indicado realizar a verificação semanal em pequenas empresas e diárias em grandes empresas.

Essa prática ajuda muito a identificar possíveis divergências de informação, problemas de caixa e gargalos na gestão financeira. É, portanto, um recurso indispensável para o dono de varejo alcançar êxito e domínio do setor financeiro.

4 passos para realizar a conciliação bancária com segurança

conciliação bancária

1 – Registro diário de entradas e saídas

Uma das primeiras práticas para implementar a conciliação bancária é realizar o controle diário de entradas e saídas da loja. Como vamos analisar a conta bancária como um todo, devem entrar nesse relatório valores extras como multas, taxas ou juros.

A relação deve levar em conta também pagamentos de clientes, pagamentos aos fornecedores, pagamentos de funcionários (caso seja realizado no dia da análise), empréstimos ou investimentos.

2 – Fazer a relação entre saldo inicial e resultado final

É nessa etapa que começa o trabalho da conciliação bancária. O responsável irá analisar se o saldo e o resultado final condizem com os valores demonstrados nos extratos de conta bancária. É uma tarefa que demanda muito tempo e, acima de tudo, atenção dobrada.

Ainda dentro dessa atividade, deve-se levar em conta também as datas de lançamentos e relacionar com as datas lançadas no controle interno. Essa prática ajuda muito a prevenir que o estabelecimento receba multas por atraso de pagamentos, por exemplo.

3 – Identifique e resolva possíveis erros

O objetivo de realizar esse monitoramento rigoroso é justamente identificar possíveis erros que possam ser transformados em sérios prejuízos para a empresa. É importante que essas falhas sejam imediatamente corrigidas, a fim de evitar que aconteça novamente ou que acabe se transformando em uma bola de neve.

4 – Ganhe tempo automatizando a conciliação bancária

Uma maneira prática, eficiente e rápida de fazer a conciliação bancária de forma segura é utilizando um software de gestão completo que apresenta este módulo integrado. Dessa forma, é possível realizar todas as atividades citadas anteriormente utilizando menos esforços, reduzindo custos e tempo.

Com isso, a empresa ganha mais confiabilidade de informações, segurança de dados e muito mais eficiência na gestão.

O Concil Card do Isolidus ERP é uma plataforma online que realiza a conciliação de pagamentos de cartões de crédito de forma automática, discriminando tudo o que foi vendido e o que há para receber dentro de um determinado período.

Além disso, faz automaticamente a conciliação bancária, levando em conta os depósitos realizados na conta, controle de taxas, descontos e outros valores extras. É um monitoramento completo desde as compras, vendas até o banco.

Conheça a ferramenta completa e saiba como ganhar tempo na conciliação bancária de varejo de forma simples e fácil!

Unidade São Paulo-SP

(11) 3181.5480
R. Dr.Guilherme Bannitz, 126
8º andar conj. 81 CV.9476
Bairro: Itaim Bibi
Ver mapaSuporte Técnico 0800Net

unidade Guararapes - SP

(18) 3637.5480
Plantão E.R.P. (18) 9 9723 .6112
Av. Alberto Braga, 383
Bairro: Continental
Ver mapa