Quando falamos no sucesso de um comércio ou negócio em geral, há muitas possibilidades de riscos de falhas. Por isso, é necessário implementar ações que previnam esses riscos, mas existe uma que ainda é negligenciada, a gestão de estoque.

Esse setor é um dos que mais influenciam na hora de se firmar no mercado e alcançar o sucesso. Afinal, ele é o medidor da saúde financeira e suas condições dizem muito sobre como o negócio está se saindo no cenário comercial.

Se fosse perguntado a você como anda seu estoque hoje, saberia responder de prontidão? Saberia dizer qual é o valor e o giro que ele representa em números? Se não tiver respostas para isso, você pode estar desperdiçando um faturamento valioso.

Por outro lado, quer saber como trabalhar o faturamento do seu negócio por meio de uma gestão de estoque? Acompanhe e aprenda muito mais do que apenas manter seu estoque, aprenda como gerir de forma exemplar e profissional. Confira!

Como a falta de uma gestão de estoque afeta um negócio?

Vamos supor que você receba um pedido para ser entregue em uma data determinada, dessa forma, será preciso produzir o pedido. No meio da produção acaba sua matéria-prima, você corre para o estoque e se dá conta que não existe mais para ser trabalhada.

A empresa acaba por não entregar o pedido e o cliente certamente vai ficar insatisfeito, não é mesmo? Tudo isso poderia ter sido evitado se você tivesse conhecimento do que tem em estoque.

Essa situação se replica pelo mercado afora, ou seja, vamos pegar um supermercado, por exemplo. Chega o final de semana que normalmente é mais movimentado, de que forma esse comércio pode atender a todas as demandas, se não tiver um controle absoluto do que tem estocado?

Portanto, essas são pequenas situações em que uma gestão de estoque resolveria o problema, ou melhor, evitaria o problema. Em outras palavras, você detém o controle total de tudo que compõe sua estrutura de insumos, por exemplo.

Integrar uma gestão de estoque age ainda na comunicação entre os setores que importam para esse processo. Consequentemente temos os departamentos de compra e venda a par de toda a atual situação do estoque.

O faturamento pode ser otimizado com uma gestão adequada

Estoque parado é muito mais do dinheiro parado, é faturamento sendo desperdiçado quando poderia ser revertido em renda. Isso porque, se você comprar mais do que precisa para a produção, estará tirando parte do faturamento e possivelmente ficará com aquilo parado.

Essa situação também se aplica quando você compra de menos, pois deixará de produzir o necessário, como foi ilustrado acima no artigo. O ideal é que haja um equilíbrio entre compras, vendas, estoque e giro.

Isso é alcançado, somente quando existe o conhecimento dos dados corretos e assertivos. Assim, o negócio é capaz de determinar o que precisa ser feito e agir de forma certeira, por conseguinte, o faturamento é aprimorado e colocado nos eixos.

Conheça 3 dicas fundamentais para controlar seu estoque

Alie essas 3 dicas fundamentais a sua gestão de estoque e observe uma melhora perceptível na agilidade e objetividade dos processos do negócio, confira!

1 – Realize seu inventário frequentemente

Qual a melhor forma de saber o que você tem no estoque atualmente? Crie uma listagem identificando e enumerando todos os produtos. Essa é uma das características presentes em uma gestão de estoque, ou seja, é criado automaticamente o inventário.

Antigamente e ainda hoje em muitas empresas e comércios, essa marcação ainda é feita com prancheta e caneta. Claro, você consegue marcar tudo que tem no estoque, mas será que é viável quando o estoque é grande?

Você precisa ter em mente que é necessário saber exatamente o que, e quanto de cada item você possui, pois a partir disso é possível determinar o valor investido em estoque e estipular novas compras, a fim de repor somente o que for preciso.

Inventário aliado à gestão de estoque possibilita determinar o capital de giro e estoque mínimo, que é requerido para realizar a reposição adequada.

2 – Fiscalize a entrada e saída dos produtos e insumos

Você sabe o que sai e o que entra em seu estoque? Caso não tenha essa informação, como você define o produto mais vendido e o que fica mais tempo parado? Estipular o giro individual de cada produto é importante para determinar sua relevância em seu estoque.

Um fator essencial para prevenir a estagnação de produtos e mercadorias é prever o tempo em que será vendido. Desse modo, quando você olha os relatórios gerados pela gestão você enxerga esse padrão e evita ficar com dinheiro parado.

3 – Elabore a reposição certeira do estoque

Quer diminuir os riscos de perder vendas por não possuir a matéria-prima? Ou mesmo diminuir o material excedente que sempre faz peso, mas nunca é utilizado? A gestão de estoque trabalha nesse aspecto também.

Por meio de planilhas pré-estabelecidas onde os produtos são divididos entre: tempo estimado para esgotamento; estoque mínimo; tempo até a reposição; você está assegurado de que não tenha excedentes ou faltas imprevistas.

Saiba como a Intersolid atua na gestão de estoque

Esperamos que tenha ficado claro a importância de contar com uma gestão de estoque de qualidade. Mas não basta ser qualquer gestão de estoque, a Intersolid Software precisa estar presente para garantir essa qualidade.

Oferecemos soluções inovadoras que garantem segurança, agilidade e acima de tudo, rentabilidade. Visite o site oficial da Intersolid Software e esteja ao alcance de algo que realmente pode mudar o direcionamento dos seus negócios.

Unidade São Paulo - SP
(11) 3181.5480
R. Dr.Guilherme Bannitz, 126
8º andar conj. 81 CV.9476
Bairro: Itaim Bibi
Ver mapaSuporte Técnico 0800Net
Unidade Guararapes - SP
(18) 3637.5480
Plantão E.R.P. (18) 9 9723 .6112
Av. Alberto Braga, 383
Bairro: Continental
Ver mapa

Solicite uma demonstração

A Intersolid E.R.P., a Intersolid Software está presente hoje em mais de 450 lojas, e possui cerca de 6.000 usuários.
Solicite uma Demonstração
Aceitamos