Como saber se o faturamento está de acordo com o potencial do produto no mercado? Pode parecer simples, mas a precificação de produtos demanda uma certa pesquisa e ponderação de algumas informações.

Antes de definir o preço, é primordial saber quanto o cliente está disposto a pagar por aquilo que você oferece. Saber quanto vale e se há uma forma estratégica de valorizar o produto para manter a fidelidade do cliente são objetivos fundamentais para manter o crescimento do negócio. 

Como está o marketing da sua empresa? É eficiente a ponto de te permitir “vender seu peixe” com geração de bons lucros? Ainda não? Então confira essas dicas de cálculo da precificação ideais para você!

Cálculo da Precificação de Produtos

1 – Cliente

É importante frisar sempre: o essencial de todo o trabalho desenvolvido é a satisfação do cliente. Afinal, ele é o responsável pelo sucesso ou fracasso de vendas, correto? 

Não queremos dizer que seus preços precisam estar lá embaixo. É claro que não, sabemos a necessidade da margem de lucro

O que se pretende é que o preço fixado para o produto seja considerado justo. E como se faz essa precificação de produtos? Com uma boa estratégia de marketing, sobretudo. 

2 – Marketing

Você costuma fazer o seu cliente entender que tem necessidade do seu produto? Ele sente que o que você vende é de grande valor para ele? (perceba aqui a relação entre preço e valor).

O consumidor está disposto a pagar o preço por um produto ou serviço que ele entenda como sendo indispensável. Algo que vá melhorar a sua vida. É aí que entra o marketing da sua empresa.

A sua equipe de vendas precisa estar qualificada para fazer do relacionamento com o cliente uma conquista eficaz.

3 – Público-Alvo 

No mercado, há diversos produtos que podem se propor a oferecer algo similar ao seu. Mas estes podem ter qualidade diferente, apresentação, maior ou menor número de funções e, enfim, preço diferente. 

O seu concorrente pode ter o produto que oferece o mesmo que você. Logo, não equipare o preço de um produto voltado para o público das classes A e B com os que almejam uma fatia das classes C, D e E.

precificação de produtos é a primeira porta para que você identifique com que público deseja trabalhar.

4 – Concorrência

Por falar em concorrentes, é claro que deve ser considerado o preço das outras empresas na hora de definir o seu. Você quer entrar no mercado com uma precificação de produtos que seja atraente ao seu público? 

É assim que funciona a dinâmica de mercado e não podemos esquecer dela. Portanto, o cálculo do preço deve levar em consideração a competição por quem leva o cliente.

5 – Cálculo de precificação de produtos

Agora vamos simplificar em linhas finas como efetuar o cálculo da precificação de produtos. Você deve levar em conta alguns indicativos:

  • Custos

Em primeiro lugar, devem ser calculados na ponta do lápis os custos para a fabricação, comercialização e tudo mais até que o produto chegue ao cliente. 

Nessa conta devem entrar, ainda, custos com impostos, comissões, entre outros.

  •  Lucros

Quanto é necessário ter de margem de lucro desse produto para sustentar o negócio e prosperar? Esse é outro pensamento básico para definir o preço.

  • Preço-Teto

O que vem a ser o preço-teto? Muito simples: faça uma pesquisa para descobrir quanto o cliente está disposto a pagar por um produto como o seu. 

Essa pesquisa de mercado é fundamental para que você lide com a realidade de mercado, pisando em solo firme. 

  • Valor

Como adiantamos, não caia no erro de confundir valor com preço. O preço é o que se paga pelo produto; já o valor é o que ele tem a oferecer ao cliente.

Prazos, promoções, descontos, facilidades e agilidade na entrega são algumas das ferramentas que levam um consumidor a optar por uma compra em detrimento de outra.

Precificação em Números

Por fim, chegamos à matemática de custos e precificação de produtos. Existe uma fórmula para fazer o cálculo e definir o preço de venda: % CF = média por mês do custo fixo x 100 / média mensal de vendas.

CF é o nosso custo fixo.

Passemos para a fórmula seguinte: TM = 1 - % CC + % CF + % lucro / 100. 

TM é a taxa de marcação. O CC quer dizer custo de comercialização.

Agora, para saber o preço de venda à vista (PVV), faremos o seguinte cálculo: PVV = CMV / TM.

CMV corresponde ao custo de mercadoria vendida.

Assertividade nos Preços

O equilíbrio entre custos, valor percebido pelo cliente, pesquisa de mercado, concorrência e outras informações ainda é a melhor forma de solucionar suas dúvidas de preço.

Aprendeu como fazer a precificação de produtos? Então compartilhe as informações e qualquer dúvida, é só entrar em contato conosco.

Unidade São Paulo - SP
(11) 3181.5480
R. Dr.Guilherme Bannitz, 126
8º andar conj. 81 CV.9476
Bairro: Itaim Bibi
Ver mapaSuporte Técnico 0800Net
Unidade Guararapes - SP
(18) 3637.5480
Plantão E.R.P. (18) 9 9723 .6112
Av. Alberto Braga, 383
Bairro: Continental
Ver mapa

Solicite uma demonstração

A Intersolid E.R.P., a Intersolid Software está presente hoje em mais de 450 lojas, e possui cerca de 6.000 usuários.
Solicite uma Demonstração
Aceitamos