A realização de inventários é um processo muito importante que tem como finalidade o controle de estoque de produtos ou insumos. O inventário de mercadorias, por sua vez, ajuda o gestor a conhecer o valor real do estoque, identificar desvios, perdas ou desperdícios de bens.

Esse tipo de inventário precisa ser realizado periodicamente. No entanto, indicamos que seja realizado o inventário rotativo (diário). Somente assim é possível manter o estoque em dia. Além disso, o estabelecimento adquire vantagens significativas como: balancear as divergências entre valor de estoque e financeiro, evitar erros de registros e quantidades de produtos nas prateleiras, lançar apuração de estoque para balanço contábil.

Vale ressaltar que o inventário de balanço de mercadorias é realizado somente no caso de correções de estoque, ou seja, para monitorar a entrada e saída de mercadorias. Caso seja detectado alguma irregularidade de estoque, deve-se aplicar uma conferência rigorosa e criar novos processos, a fim de evitar problemas futuros dos setores fiscais e financeiro da empresa.

Como fazer um inventário de mercadorias eficiente

De modo geral, podemos afirmar que o inventário de mercadorias ajuda na redução de custos, pois o gestor garante a certeza dos produtos em estoque, o que evita gastos excessivos e desnecessários. Além disso, elimina custos com mão-de-obra ou com retrabalho de falhas cometidas.

Outra questão que este inventário trabalha é a satisfação dos clientes, pois garante os produtos em gôndola e evita a ruptura de estoque. Uma das maiores frustrações dos consumidores é olhar na prateleira e não encontrar o produto que precisa. A sua próxima escolha é partir para um estabelecimento concorrente que pode acabar fidelizando este cliente. Resultado? Insatisfação e perda de clientes para a loja com produtos faltantes.

Para descomplicar a gestão de estoque de sua empresa e elaborar inventários importantes sem mistérios, basta seguir as seguintes dicas:

1 – Organização

Antes de mais nada é importante que o responsável pelo balanço de mercadorias faça uma análise sobre os produtos em estoque e organize-os por tipo específico. Isso quer dizer que cada mercadoria estará devidamente categorizada, classificada e enumerada.

O impacto dessa organização é o ganho de tempo na hora de identificar cada item em estoque. Da mesma forma, facilita a identificação quando o produto tem saída.

2 – Registros

Após a análise completa do estoque e a classificação exata de cada mix de produtos, é hora de registrar tudo no relatório do inventário de mercadorias. Registre também possíveis perdas, roubos ou devoluções que foram identificadas.

Qualquer divergência que não for resolvida poderá impactar negativamente no setor fiscal. Isso significa que a empresa poderá enfrentar sérios problemas com a fiscalização e Receita Federal.

3 – Escolha o melhor sistema

Para evitar qualquer problema na elaboração, análise de estoque e criação de relatórios do inventário de mercadorias, o ideal é contar com um bom sistema de gestão.

O Isolidus ERP da Intersolid é completo e traz módulos essenciais para o controle efetivo de estoque, como por exemplo a solução Incoleta. É um aplicativo que faz a leitura dos códigos de barras, faz a conferência cega, organiza e leva informações confiáveis para o sistema de gestão. Uma das aplicações do aplicativo Incoleta é justamente a criação de inventários.

O Isolidus ERP já está presente em mais de 450 lojas, com cerca de 6.000 usuários espalhados por todo o Brasil. Além disso, o sistema conta com mais de 25 módulos focados em cada setor importante da empresa.

Conheça mais sobre o Isolidus ERP da Intersolid e descubra como é simples prevenir desequilíbrios no estoque. Invista agora mesmo em uma gestão de sucesso!

Unidade São Paulo-SP

(11) 3181.5480
R. Dr.Guilherme Bannitz, 126
8º andar conj. 81 CV.9476
Bairro: Itaim Bibi
Ver mapaSuporte Técnico 0800Net

unidade Guararapes - SP

(18) 3637.5480
Plantão E.R.P. (18) 9 9723 .6112
Av. Alberto Braga, 383
Bairro: Continental
Ver mapa